SALVADOR: Salve, Salvador!!!

Viagem realizada em outubro/2010


Desde criança sempre sonhei em conhecer a Bahia e finalmente este grande dia chegou! Planejei passar minhas férias de 2012 lá. Foram onze dias de muito sol, praias lindas, pessoas simpáticas e lugares incríveis. Minha ideia inicial era conhecer todo o litoral baiano. Mas como só tínhamos onze dias, acabaria ficando muito corrido. Então, escolhi apenas alguns lugares: Salvador (o ponto de partida e saída), Morro de São Paulo, ItacaréPenínsula de MaraúPraia do Forte e Chapada Diamantina (para quebrar o ritmo de praia, praia e praia, rs).

Saímos de São Paulo bem cedo: às seis e pouco da manhã. Chegamos em Salvador às oito e pouquinho e já pegamos o ônibus que nos levaria até o local de onde saem os catamarãs para o Morro. Havíamos consultado na internet que o ônibus (linha Aeroporto/Praça da Sé) demorava cerca de uma hora para chegar na Praça da Sé, mas na prática ele demorou muuuuito mais. Foram quase duas horas! Ele passa pela orla de várias praias até chegar no centro. Foi bom porque acabamos fazendo meio que um tour por Salvador, pelo precinho de quase três reais! rs Porém acabamos perdendo o catamarã das 10h30 e tivemos que esperar até as 14h30 para pegar o próximo.

Ainda bem que no Terminal Marítimo tinha um lugar para deixar as malas. Largamos tudo lá e fomos conhecer o Mercado Modelo. Achava que era tipo o Mercado Municipal de São Paulo, mas é totalmente diferente! Lá só vende bugigangas, lembrancinhas e tem dois restaurantes. O preço é bem mais barato do que no Morro ou em Itacaré.

Mercado Modelo
Elevador Lacerda visto da cidade baixa

Depois pegamos o Elevador Lacerda e subimos para a cidade alta. A vista lá de cima é muito bonita e tivemos a sorte de ver uma apresentação do Olodum. Foi muito legal! Deu outro astral para a nossa visita. Passeamos bem rápido por algumas ruas do Pelourinho pois já estava dando o horário do catamarã para o Morro de São Paulo sair. Não gostei do assédio dos vendedores de lá. Eles se aproximam dizendo que vão te dar um fitinha do Senhor do Bonfim e na sequência já começam a te colocar artesanatos no pescoço, no braço... quase implorando para você comprar. É bem desagradável!

Vista linda da Bahia de Todos os Santos
Mercado Modelo visto de cima
Apresentação do Olodum em frente ao Elevador Lacerda
Palácio Rio Branco, na praça do Elevador Lacerda

Depois de passar uns dias em Morro de São Paulo, Itacaré e Península de Maraú, voltamos para Salvador via ferry boat (aquele que sai de Itaparica). Achei o barco bem legal, mas a frequência entre eles é muito demorada (perdemos um e tivemos que esperar uma hora até sair o próximo). E o barco lota! Me lembrou os trens e metrôs daqui de São Paulo em horário de pico: aquela aglomeração de pessoas e muito tumulto para embarcar.

Terminal de Bom Despacho, em Itaparica
Embarcando no ferry boat
Itaparica lá longe

Nessa segunda passadinha por Salvador também ficamos pouco tempo. Andamos um pouco mais pelo Pelourinho, comi meu primeiro acarajé no Largo do Pelourinho (não gostei muito) e visitamos a Igreja de São Francisco de Assis. A igreja é linda por fora e por dentro, toda folheada a ouro. Fiquei impressionada com a quantidade de detalhes!

Largo do Pelourinho
Baiana preparando meu primeiro acarajé
Igreja e Convento São Francisco de Assis
A igreja por dentro, toda folheada a ouro

Saímos do Pelourinho à noite e fomos até o Farol da Barra. Tiramos algumas fotos e depois jantamos e passeamos um pouco no Shopping da Barra até dar o horário de irmos para a rodoviária pegar o ônibus para Lençóis (Chapada Diamantina).

O Farol da Barra iluminado à noite

Eu gostei de conhecer esses pontos turísticos de Salvador, mas achei a cidade suja e mal cuidada (principalmente o centro). Apesar que o centro antigo da maioria das grandes cidades é assim mesmo. O de São Paulo não é muito diferente... Infelizmente só deu para conhecer algumas coisinhas de Salvador. Foi uma pena não ter conhecido outros pontos interessantes da cidade, como a Igreja do Bonfim e suas famosas fitinhas.


GOSTOU DE SALVADOR?
Pegue um catamarã e conheça a lindíssima Morro de São Paulo.

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.