BLUMENAU

Última viagem realizada em maio/2014


Blumenau é uma das cidades catarinenses que fica na região do Vale Europeu. Foi colonizada por imigrantes europeus, principalmente alemães. Essa influência cultural fica muito evidente em suas construções em estilo alpino e arquitetura enxaimel, nos jardins e praças ricamente floridos, nas ruas limpas, na culinária, no artesanato e nas grandes festas que são conhecidas por todo o Brasil.

Estive lá duas vezes: em outubro de 2011 e em maio de 2014. A primeira vez foi para participar da Oktoberfest. Estava hospedada em Porto Belo e fui para Blumenau apenas para ir à festa e ver o desfile na XV de Novembro. Gostei tanto que acabei voltando três anos depois para conhecer a cidade com mais calma.

Adorei a Oktoberfest!!! É muuuito animada!! Também não é para menos: é a maior celebração da cultura alemã fora da Alemanha desde 1984. A Vila Germânica é uma graça! As casinhas (que abrigam restaurantes e lojinhas) são muito charmosas! Essa festa atrai mais de setecentas mil pessoas! Há apresentações de bandas, grupos de dança folclórica e muita comida e bebida típica alemã. Fiquei na festa na parte da manhã e à tarde fui ver o desfile na XV de Novembro.

a cidade recebe uma decoração toda especial durante a Oktoberfest
Vila Germânica
arquitetura típica europeia
um charme

Fiquei muito surpresa com o desfile. Chegamos com uns trinta minutos de antecedência e a avenida já estava lotada. Foi difícil encontrar um lugarzinho bom para ficarmos. O desfile é lindo e os participantes estavam bem empolgados! Dava para perceber que eles tinham muito orgulho da cidade e da festa. Simplesmente amei!!!

se joga!
desfile na XV de Novembro
todos os participantes do desfile se vestem a caráter
uma multidão assistia ao desfile

Nessa primeira vez em que estive em Blumenau não conheci nenhum ponto turístico, por isso voltei em 2014. Fiquei hospedada na Pousada Casa da Pedra. O atendimento é ótimo! Uma delícia de lugar!!! Está localizada em uma área bem tranquila de Blumenau, com bastante verde ao redor. Para quem estiver a pé (como eu estava) fica um pouquinho longe do centrinho e da Vila Germânica, mas pra quem estiver de carro, não há problema algum.

Pousada Casa de Pedra
vista da varanda da pousada para a cidade de Blumenau

Dessa vez pude caminhar com calma na XV de Novembro e na Avenida Beira Rio e admirar os grandes casarões em estilo enxaimel (são mais de quarenta). Também conheci o prédio da Prefeitura Municipal (lindo, lindo), a Macuca (um trenzinho que fica em frente à prefeitura), o Relógio das Flores (bonitinho), o Teatro Carlos Gomes (muito legal), o Castelinho da Havan (um charme, é onde fica essa famosa loja) e a Catedral de São Paulo Apóstolo (muito bonita).

lindo prédio da Prefeitura Municipal
Relógio das Flores
Teatro Carlos Gomes
Castelinho da Havan
Catedral de São Paulo Apóstolo

Depois fui até o Mausoléu Dr. Blumenau (onde estão os restos mortais do fundador da cidade), o Museu da Cerveja (é interessante pra quem curte cerveja) e o Museu da Família Colonial. Nesse museu estão preservados muitos utensílios domésticos, mobiliário e objetos pessoais dos primeiros imigrantes alemães que vieram para a cidade. Nos fundos há um curioso Cemitério dos Gatos. Achei interessante, mas confesso que fiquei com medo de andar por lá sozinha. Um dos monitores do museu me contou que a sobrinha-neta do Dr. Blumenau (fundador da cidade) adorava gatos e quando eles morriam, ela os enterrava nos fundos de sua casa. Bem sinistro... rs Esse museu fica na Alameda Duque de Caxias. É um lugar muito bonitos, cheio de palmeiras beeeeem altas.

Mausoléu Dr. Blumenau, onde estão os restos mortais e objetos do fundador da cidade
Museu da Família Colonial
o sinistro Cemitério dos Gatos
Rio Itajaí


GOSTOU DE BLUMENAU?
Visite Pomerode também. A cidade mais alemã do Brasil!

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.