SANTOS: Diversão garantida pertinho da capital

Viagem realizada em dezembro/2015


Me julguem: sou paulista, moro em São Paulo desde que nasci e não conheço quase nada do litoral sul do meu estado. Triste, não é? Também acho! Um dia desses tentei resolver um pouquinho desse probleminha fazendo um bate-volta até Santos. E não é que gostei de lá? Para quem não conhece, a cidade de Santos fica bem pertinho da capital. São apenas setenta quilômetros de distância e, como fomos em um dia durante a semana, as estradas estavam bastante tranquilas. O ônibus saiu da rodoviária por volta das oito da manhã e antes das dez já estávamos desembarcando na Ponta da Praia, em Santos. Nossa ideia inicial era conhecer os atrativos culturais na parte da manhã e tentar curtir um pouquinho de praia à tarde. Porém, justo no dia em que resolvemos fazer esse bate-volta, choveu o dia inteiro (para a nossa tristeza) e o passeio na praia acabou não rolando. Assim, dedicamos o dia inteiro aos museus, aquário, centrinho histórico... E não deu tempo de ver tudo!

Descendo a serra

Logo que descemos do ônibus fomos conhecer o Museu do Mar. Esse museu possui um dos maiores acervos de vida marinha da América Latina! Ele fica pertinho da balsa que faz a travessia Santos-Guarujá. A fachada do prédio é super bonitinha, mas o acervo não me agradou muito... Na sequência fomos ao Museu Marítimo, que fica na mesma rua do Museu do Mar (os ingressos dos dois atrativos são vendidos juntos). Gostei bastante desse museu! O acervo é composto de vários objetos que foram coletados de embarcações naufragadas na costa brasileira. Alguns painéis contavam um pouquinho da história dessas embarcações. Achei super interessante!

Entrada do Museu do Mar
Estrelas-do-mar, no Museu do Mar 
Garrafinhas de remédio super antigas, no Museu Marítimo
Diário de bordo de verdade, no Museu Marítimo

Após visitar esses dois museus, caminhamos um pouco pela orla da praia. O calçadão é super bem cuidado! Avistamos até a Fortaleza da Barra Grande. Essa construção foi erguida em 1584 e pertence à cidade de Guarujá. Fiquei com muita vontade de conhecê-la, mas devido ao mal tempo, as escunas não estavam saindo para esse passeio. Também tentamos ir ao Museu de Pesca, mas estava fechado...

Calçadão na Ponta da Praia
Fortaleza da Barra Grande
Jardim na orla da praia (à esquerda) e Museu de Pesca (à direita)

Na sequência fomos ao Aquário de Santos e este foi mais um dos lugares que me surpreendeu! O ingresso é super baratinho e por isso não estava esperando muito do local (olha o preconceito, rs)... Para a minha surpresa o aquário é muuuito legal e super recomendo a visita! Lá tem vários tanques com uma grande variedade de peixes, além de tartarugas, pinguins e até leão marinho! O aquário também fica na orla da praia e é uma construção grandiosa e contemporânea. Ah, estava quase esquecendo de falar: lá em frente há uma central de informações turísticas. Fomos muito, mas muito bem recebidas pela atendente! Ela tirou todas as nossas dúvidas e nos deu várias dicas do que fazer pela cidade naquele dia nublado e chuvoso.

Tartaruga e pinguim no Aquário de Santos
Peixinhos

Lá da Ponta da Praia pegamos um ônibus até o centrinho histórico. Descemos na Praça Mauá e embarcamos em um bonde fofíssimo! Como estava chovendo muito, algumas ruas estavam alagadas e o trajeto do bonde teve que ser alterado... O passeio que duraria quase uma hora, terminou em apenas vinte minutinhos. Foi uma pena pois fiquei muito interessada em conhecer melhor esse pedacinho da cidade (olha um motivo pra voltar, rs). Passamos por vários prédios antiguinhos, como a Casa da Frontaria Azulejada, a Bolsa Oficial do Café, a Estação do Valongo, alguns armazéns super bonitos (que estão sendo revitalizados!), a Igreja do Carmo, o prédio do Correio, entre outros.

O bonde do lado de fora (à esquerda) e do lado de dentro (à direita)
Prédio da prefeitura
Fachada da Casa da Frontaria Azulejada
Museu do Pelé (à esquerda) e Estação do Valongo (à direita)

O único prédio que visitamos internamente foi o da Bolsa do Café. A arquitetura é linda e essa construção foi tombada como patrimônio histórico e artístico. Lá dentro funciona o Museu do Café, que foi inaugurado em 1998. Todo o acervo retrata um pouco da história e da importância do café para a economia brasileira durante o início do século XX. É muuuito interessante e bonito! Este é mais um dos atrativos de Santos que super recomendamos a visita.

Prédio da Bolsa Oficial do Café (à esquerda) e saguão na parte interna (à direita)
Fio que dava origem aos sacos onde o café era embalado
Tipos de café
Uma das salas do Museu do Café

Nossa visita à cidade de Santos foi super rapidinha e infelizmente não deu tempo de conhecer tudo. Vários lugares ficaram de fora como o Orquidário Municipal, o Monte Serrat (queria muuuito ter ido, mas estava chovendo), o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos (deve ser lindo!), o Museu da Pesca (que estava fechado)... além do tradicional passeio de escuna que também ficou de fora por conta da chuva. Resumindo: quero voltar!


GOSTOU DE SANTOS?
Visite outras cidades do litoral paulista. Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela tem praias lindas e paradisíacas.

ACESSE TAMBÉM:
www.vivasantos.com.br

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.