SÃO BENTO DO SAPUCAÍ: Cidade histórica com clima de montanha

Viagem realizada em março/2017


Depois que conheci (e amei) as cidades de Campos de Jordão e Santo Antonio do Pinhal fiquei com muuuita vontade de ir à São Bento do Sapucaí também (que fica quase na divisa com Minas Gerais, lá no coração da Serra da Mantiqueira) O diferencial de São Bento é o fato dela ser uma cidade histórica que fica no meio das montanhas! Já deu até para imaginar aquela arquitetura colonial centenária super charmosa misturada com o climinha delicioso e aconchegante da serra, não é? Tudo isso emoldurado por paisagens deslumbrantes, cachoeiras e formações rochosas surpreendentes... s2

Para chegar nesse pedacinho de paraíso basta percorrer os 185 quilômetros que o separam de São Paulo. Uma dica que dou é ir de carro, pois é muito complicado (e caro) ficar dependendo de táxi para se locomover entre os pontos turísticos. Eu fui de ônibus (da viação Pássaro Marrom, que te deixa em frente ao portal de entrada da cidade, e não na rodoviária) e, infelizmente, descobri que todos os atrativos naturais ficam distantes do centrinho e as agências receptivas de turismo não oferecem transporte até as cachoeiras/trilhas (pelo menos as que consultei).

A pousada que escolhi para passar o final de semana foi a Toca Hospedaria. Eles não tem site, mas são facilmente encontrados no Facebook ou no Booking.com. AMEI essa hospedagem! A dona é muito simpática e me recebeu super bem. Os quartos são grandes, confortáveis e com tudo novinho! Ah, sem falar na decoração. Cada cantinho tem um detalhe fofo. É muito bonitinho! O chuveiro também é ótimo (bem quentinho) e há uma mini cozinha super equipada disponível dentro do quarto (com frigobar, micro-ondas, pia e diversos utensílios). Super recomendo!

Área externa da pousada (à esquerda) e entrada do meu quarto (à direita)
Quarto 
Vista dos fundos da pousada

O centro de São Bento do Sapucaí é pequeno e pode ser percorrido a pé com muita tranquilidade. Há muitos restaurantes, lojinhas, lanchonetes e algumas construções históricas do início do século XVII. A principal delas é a Igreja Matriz. Achei sua arquitetura linda! Ela foi construída por escravos no ano de 1850 e está muito bem preservada até hoje. A praça onde fica a igreja é rodeada de casinhas também históricas e muito fofas.

Igreja Matriz
Casinhas históricas ao redor da Igreja Matriz

E por falar em igreja, São Bento tem duas capelas que são um charme: as Capelinhas de Santa Cruz!!! Elas são revestidas com um mosaico super colorido, por dentro e por fora. É muito lindo!!! Não se sabe ao certo quando foram construídas, mas estima-se que tenha sido lá no comecinho do século XX. Inicialmente elas eram comuns, sem nenhum ornamento na fachada. Somente em 2008 é que ganharam esse revestimento bonitão do artista plástico Ângelo Milani. Uma das capelas fica no centro da cidade e a outra um pouco mais afastada, na estradinha que leva até a base da Pedra do Baú.

Uma das capelinhas de mosaico
Interior da capelinha (à esquerda) e outra capelinha (à direita)

Como uma típica cidade de interior, São Bento tem praças, coretos e igrejinhas espalhadas por toda parte! E sabe o que encontrei caminhando por lá? Um curioso museu dedicado ao cinema! O Cinema Paradiso foi criado pelo morador Manoel Francisco Coutinho que, ao longo dos anos, foi colecionando diversos objetos e equipamentos, como filmes, câmeras, cartazes, lâmpadas, projetores, ingressos... Infelizmente não consegui visitá-lo, pois estava fechado, mas certamente o acervo deve ser muito interessante!

Igreja Nossa Senhora dos Remédios
Coreto em uma das praças
Cinema Paradise

O centrinho histórico tem boas opções de restaurantes e passeios, mas o ponto forte de São Bento do Sapucaí são as trilhas, mirantes e cachoeiras. O Complexo Pedra do Baú é o cartão-postal da cidade e boa parte dos passeios acontece nas redondezas dessas curiosas formações rochosas que chegam a 1950 metros de altitude! O complexo é formado por três pedras: Baú, Bauzinho e Ana Chata. Existem diversas trilhas (com diversos níveis de dificuldades) que levam a diferentes pontos das pedras.

A única trilha que fiz foi a Trilha da Pedra do Baú e quase tive um troço! rs A subida é super ingrime e puxada. São apenas 1,6 quilômetros, mas (como estou um pouquinho sedentária) senti um pouco de dificuldade, principalmente no finalzinho. Porém todo cansaço foi recompensado com as paisagens deslumbrantes que tem durante o trajeto. É muito lindo! De verdade! O final da trilha é naquela famosa escadinha de ferro que leva ao cume da Pedra do Baú (são mais de seiscentos degraus). Infelizmente não tive coragem de subir... :( Achei muuuuito alto e me deu medo. Quem for corajoso e não tiver medo de altura, pode contratar um dos guias que ficam aí nesse local. Eles te auxiliam a fazer a escalada e alugam os equipamentos de segurança necessários (não é permitido subir sozinho).

Comecinho da trilha
Aqui ainda nem tava tão alto
Olha essa vista! s2
Mais um pedacinho da paisagem (à esquerda) e a famosa escadinha no final da trilha (à direita)
Corajosos subindo a Pedra do Baú

Essa trilha começa no pé da pedra. Esse local é muito bonito e há um restaurante MARAVILHOSO com uma vista MARAVILHOSA para o vale e para as montanhas, o Restaurante Pedra do Baú. Também há estacionamento, sanitários, lojinhas e playground e alguns chalés super charmosos para locação. É um lugar muuuito lindo! Mesmo que você não vá subir até a pedra, vale muito a pena conhecer o restaurante, almoçar por lá e curtir a vista.

Restaurante aos pés da Pedra do Baú
Olha que charme esse deck de madeira
Chalezinhos fofos disponíveis para locação

São Bento do Sapucaí tem diversos outros lugares legais para conhecer, mas infelizmente não consegui ver tudo o que queria. Como disse lá no comecinho do post, quase todos os atrativos só podem ser acessados de carro. Ia sair muuuito caro ficar andando de táxi pra lá e pra cá. Tenho muita vontade de voltar para visitar as cachoeiras e fazer outras trilhas pela região.


GOSTOU DE SÃO BENTO DO SAPUCAÍ?
Visite Campos do Jordão e Santo Antonio do Pinhal também. Elas ficam super próximas!

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.