SÃO ROQUE: A terra do vinho

Viagem realizada em dezembro/2016


A pergunta que não quer calar: porque eu não fui conhecer São Roque antes? Gente, eu adorei esse lugar!!! Não cheguei a visitar a cidade toda, foquei na Estrada do Vinho, uma delícia de lugar! Muito verde, muitas flores, muita comida, muita cultura, muito amor! s2 A tradição do cultivo da uva em São Roque vem do século XVII. O fundador da cidade, juntamente com os primeiros moradores (imigrantes italianos e portugueses), decidiram investir na plantação da uva e na produção dos vinhos. E essa tradição se mantém até hoje (graças a Deus, rs)! A Estrada do Vinho e a Rodovia Quintino de Lima formam o Roteiro do Vinho de São Roque. Por essas duas estradas estão espalhados dezenas de vinícolas, restaurantes, fazendas, pesqueiros... Tudo emoldurado pelas montanhas cobertas de Mata Atlântica. Um cenário único e muito belo!

São Roque fica pertíssimo da capital. Em cerca de uma hora você já chega lá, mas a sensação é de que estamos muuuito longe. O clima é completamente diferente! Tão interior, tão tranquilo, tão bom... s2 Tudo isso a apenas cinquenta quilômetros de distância da loucura paulistana. Fizemos um bate-e-volta e foi super legal! Conseguimos visitar quatro vinícolas, duas adegas e uma plantação de alcachofra. Tudo isso em apenas um dia de passeio!

Paisagens da estrada

A primeira vinícola que visitamos foi a Terra do Vinho. Ela fica logo no comecinho da Estrada do Vinho. Essa vinícola é bem pequena e familiar, e fomos muito bem atendidos. Degustamos vinho, suco de uva e diversos tipos de salame. Ao lado da adega há um pequeno parreiral e um jardim repleto de flores lindas! Também havia um novo prédio sendo construído. Provavelmente ali funcionará uma adega maior.

Entrada da Vinícola Terra do Vinho
A nova adega está quase pronta
Rolhas
Parreiral (à esquerda) e jardim florido (à direita)

A segunda parada foi na Vila Don Patto. Esse lugar é L-I-N-D-O e tem uma infraestrutura M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A! É uma espécie de complexo gastronômico, misturado com natureza e lazer. Além do restaurante chiquérrimo, há adega, empório, café, sorveteria, lojinha de artesanato e um parquinho muito legal para as crianças. Tudo é muito charmoso e bem decorado! E cheio de flores e coisinhas fofas! Eu amei, mas infelizmente não consumi nada, pois achei tudo muito caro. Mas certamente é um excelente local para passear e tirar belas fotos.

Adega Don Patto
Jardim de suculentas
Um pedacinho da paisagem
Restaurante

A Quinta do Olivardo também foi outro local que A-M-E-I conhecer! O restaurante, especializado na gastronomia portuguesa (e caro, rs), é o estabelecimento principal deste complexo, mas há muuitos outros atrativos por lá. Tem parreirais (lindíssimos), adega, barraquinhas que vendem guloseimas portuguesas, lago com pedalinhos, playground, local para prática de arvorismo e escalada, mini fazendinha... Tudo é muito bem cuidado e charmoso! Dá para passar a tarde inteira por lá.

Entrada do complexo (à esquerda) e detalhe do piso (à direita)
Parreiral
Uva direto do pé
Vista da área de lazer

O local mais famoso e concorrido de São Roque certamente é a Vinícola Góes. Isso se deve ao fato de que ela é a única vinícola da cidade que oferece visitas guiadas à área interna, onde é possível conhecer e acompanhar o processo de produção do vinho. Nós não fizemos essa visita, mas conhecemos a adega e sua belíssima área externa, onde há lago, lojinhas, sorveteria...

Entrada da Vinícola Góes
Área externa
Peixinhos do lago

A Vinícola Canguera não nos chamou tanto a atenção... Como já era a quinta vinícola que visitávamos, já estávamos um pouco cansados e não aproveitamos tanto a visita. Além da adega e do restaurante, o complexo também abriga um museu onde estão expostos maquinários e ferramentas que eram utilizados na colheita das uvas e fabricação dos vinhos há muitos anos atrás. Achei muito interessante e foi o que mais gostei por lá!

Entrada da adega Canguera
Área de lazer da vinícola
Museu do Vinho
Moedor de uva de 1958

A última vinícola que visitamos foi a Bella Aurora. Apesar de já estarmos cansados do passeio, adorei conhecê-la! Ela fica em um terreno alto e tem uma paisagem lindíssima para as montanhas! A infraestrutura é excelente! Tem um mirante lindo, um playground super fofo, adega, lojinha de lembrancinhas e um parreiral muito bonito também.

Adega (à esquerda) e uma das rosas do parreiral (à direita)
Vista do parreiral
Parreiral
Mais parreiral

Depois de visitar tantas adegas e vinícolas, fomos conhecer a Bonsucesso Alcachofras, que fica dentro do sítio Cacique e é especializada em plantação de alcachofras. Degustei alguns produtos, mas sinceramente não gostei de nada... A visita foi interessante apenas para conhecer a plantação e ver a flor da alcachofra, que é muito linda!

Plantação de alcachofras
Flor da alcachofra (à esquerda) e pé de alcachofra (à direita)

Nosso dia em São Roque foi cansativo, mas muito gostoso e proveitoso! Adorei conhecer a Estrada do Vinho e não imaginei que ela fosse tão bonita e com tantos atrativos legais. Eu já conhecia algumas vinícolas da Serra Gaúcha e, sinceramente, não me empolgava tanto para conhecer as de São Roque. Foi justamente por isso que demorei tanto para conhecer essa cidade e, felizmente, me surpreendi com tudo que vi. Todos os estabelecimentos que visitei deram um show de receptividade! Super indico a visita e tenho muuuita vontade de voltar para conhecer mais algumas vinícolas e o centro da cidade também! :)


ACESSE TAMBÉM:
http://www.roteirodovinho.com.br/

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.