domingo, 28 de fevereiro de 2016

CARAMBEÍ: Um pedacinho da Holanda no interior do Paraná

Viagem realizada em fevereiro/2016


Gente, fiquei E-N-C-A-N-T-A-D-A com Carambeí! Sabe aquela cidade fofa, cheia de belos jardins floridos, de casinhas rústicas e um clima interiorano delicioso? Assim é essa cidadezinha do Paraná, localizada em uma região conhecida como Campos Gerais. Estive por lá durante minha viagem à Ponta Grossa e adorei! Para quem não sabe, Carambeí nasceu de uma colônia de imigrantes holandeses que começaram a vir para o Brasil no início do século XX, em busca de uma vida melhor. E eles se deram muito bem por aqui! Até hoje a economia da cidade é baseada na produção de laticínios de agroindústrias que tiveram sua origem a partir das antigas fazendas cooperativistas, onde esses imigrantes trabalhavam. Grandes empresas, como a Batavo por exemplo, são originárias dessa região.

Lá de Ponta Grossa tem um ônibus que vai até Carambeí. O ponto final dele é ao lado do principal atrativo turístico da cidade: o Parque Histórico de Carambeí. Eu nem imaginava que esse parque existisse até ler um post do site Matraqueando (o link tá no final da matéria). Fiquei encantada e é claro que Carambeí acabou entrando no meu roteiro. Esse parque fica em um terreno com mais de cem mil metros quadrados, divididos em cinco alas. Ele tem como principal objetivo preservar a história e a cultura dos imigrantes holandeses que ajudaram a fundar a cidade. E olha que legal: todo seu acervo é composto de doações dessa comunidade de imigrantes!

Portal de entrada do parque
Jardim belíssimo na entrada

O parque é todo ao ar livre (prepare-se para andar bastante) e logo na entrada há um belíssimo jardim (com muuuitas flores lindas) e a Casa da Memória. Essa construção do ano de 1946 era uma antiga estrebaria e hoje abriga um museu que conta um pouco como era o cotidiano dos imigrantes. Há vestuários, mobiliários, equipamentos agrícolas e muitos outros objetos super interessantes expostos em dois pavimentos. Me apaixonei por uma maquete muuuito fofa que ilustra como era a vila de Carambeí há dezenas de anos atrás. Dentro dessa construção também funciona o Restaurante e Doceria Koffiehuis (que são super tradicionais na cidade) e a Loja de Souvenires que, entre outros objetos, vende as tradicionais cerâmicas holandesas (achei tudo bem carinho... não deu para comprar nada, rs). Na parte externa, ao lado da antiga estrebaria, há um playground fofo para as crianças, todo feito com brinquedos de madeira.

Casa da Memória
Maquete da pequena vila de Carambeí
Fachada típica das primeiras casas de Carambeí
Restaurante e doceria Koffiehuis

Depois de passar pela bilheteria e cruzar uma ponte pênsil muuuito legal (e que veio diretamente da Holanda), chegamos na Vila Histórica. Gente, que lugar lindo!!! Fiquei encantada e não conseguia parar de fotografar. rs Eles conseguiram reproduzir a antiga vila de Carambeí, aquela que os imigrantes holandeses construíram logo depois que chegaram ao Brasil. É tudo muito fofo e cheio de detalhes! Dá vontade de morar por ali. rs Tem igreja, estação de trem, casinhas, escola, fábrica de laticínios, matadouro, cemitério, estábulo e muitos outros espaços.

A ponte pênsil que veio diretamente da Holanda
A antiga estação Carambey
Corujinha que avistamos (à esquerda) e igreja típica (à direita)
Construção típica

Outra ala que visitamos foi a do Parque das Águas. A ideia desse espaço é mostrar as tecnologias e soluções que os holandeses usam para controlar a água, como o uso de pontes, diques e eclusas. Nas margens dos canais (que lembram os de Amsterdã) estão várias casinhas típicas. Essa parte do parque ainda não está finalizada, mas já deu pra perceber que vai ser muito fofa também. Além dessas três alas (Casa da Memória, Vila Histórica e Parque das Águas) também há mais duas outras: o Palco da Sustentabilidade e o Pavilhão de Exposições, que são de uso mais específico.

Canais lembram os de Amsterdã
Casinha típicas muito fofas
Olha essa paisagem!

Eu amei o Parque Histórico de Carambeí!!! Achei todos os espaços lindos e muito bem cuidados. Sabe quando você sente que tudo foi pensando e criado com carinho? Há um orgulho da cultura e da história da cidade. É muito legal perceber isso quando visitamos alguma cidade turística. E o parque é bem tranquilo (mesmo em dias de feriado). Dá para caminhar e conhecer cada cantinho com calma e tirar muitas fotos! É um passeio que recomendo a todos!


GOSTOU DE CARAMBEÍ?
Conheça o incrível Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa. É muito legal!

ACESSE TAMBÉM:
www.matraqueando.com.br/parque-historico-de-carambei-parana

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.