ILHA GRANDE: Grande ilha!

Última viagem realizada em dezembro/2009


Já fui para Ilha Grande duas vezes. A primeira foi em novembro de 2010 e, depois de cinco dias curtindo aquele lugar m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o, fui embora com um gostinho de quero mais. Voltei no mês seguinte, em dezembro, e fiquei mais cinco dias. Nessas duas idas conheci muitos lugares lindos e me apaixonei! A ilha tem um clima ótimo e está sempre lotada!

Na primeira vez nos hospedamos na Pousada Cambeba e, na segunda, na Pousada Recanto das Fadas, ambas na Avenida Getúlio Vargas, paralela à Praia do Abraão (a principal praia da vila). Ambas são bem simples, mas o café da manhã e o atendimento são ótimos.

Pousada Cambeba, na vila do Abraão

Saímos de São Paulo à noite e chegamos de madrugada em Angra dos Reis. Pegamos o primeiro catamarã que vai para a Ilha (o embarque é na mesma avenida da rodoviária, a uns dois quilômetros de distância, mais ou menos). A travessia demora aproximadamente uma hora. Conforme vamos nos aproximando da ilha, a cor do mar vai ganhando um tom esverdeado. É muito bonito o passeio! 

local do embarque em Angra dos Reis
Angra dos Reis vista do mar
chegando na ilha

O desembarque é feito na praia principal do vilarejo de Abraão. A ilha tem várias vilas e a do Abraão é a que possui a maior infraestrutura. São inúmeras pousadas, restaurantes, lojas... enfim, uma estrutura perfeita para o turismo.

Praia do Abraão
igrejinha na vila de Abraão
excelente infraestrutura

Tanto do lado esquerdo da Praia do Abraão, quanto do lado direito, começam trilhas muito legais. No lado esquerdo fizemos o Circuito Abraão que passa pela Praia Preta (com areia monazítica), pelas ruínas do Lazareto (construção que abrigava viajantes e imigrantes em quarentena, posteriormente utilizado como presídio) e do Aqueduto (construído com óleo de baleia. Fiquei imaginando quantas baleias foram mortas, tadinhas...) e o Poção (bom para se refrescar depois da trilha). As trilhas deste circuito são bem simples e rapidinhas. Perto do Aqueduto sai mais uma trilha que vai para a Praia e Cachoeira da Feiticeira. Nós andamos muito e não encontramos a tal cachoeira. Muito frustrante...

entrada do Circuito Abraão
Praia Preta
pés na areia preta
ruínas do Lazareto
sinistro
ruínas do Aqueduto, muuuuito alto
esquilinho fofo na trilha da Cachoeira da Feiticeira
Poção

Do lado direito da Praia do Abraão sai uma trilhazinha para várias outras praias super bonitas! Nós fomos em todas: Praia da Júlia, da Biquinha, Comprida, da Crena e do Abraãozinho. A mais linda é a da Crena! A água parece uma piscina de tão calma e transparente. Na Praia do Abraãzinho deu para ver peixinhos.

chegando na Praia da Crena, a cor do mar é linda
Praia da Crena, uma piscina

Outra trilha que fizemos foi a que vai para a Vila e a Praia de Dois Rios. Essa trilha é enoooooorme! São 8,3 km (ida e volta). Não me lembro ao certo quanto tempo demoramos para chegar lá, mas demorou muuuuito. A trilha na verdade é uma estrada, bem tranquila de andar. Passamos por paisagens bem bonitas e raramente cruzávamos com alguém. Não gostei da vila e nem da praia. A vila parecia mais uma cidade fantasma. Não encontramos nem lugar para comer... O presídio estava fechado para visitação.

trilha para a Praia de Dois Rios
linda
vista para a vila do Abraão na parte mais alta da trilha
uma das cachoeiras que avistamos pelo caminho
ruínas do presídio de Dois Rios
Praia de Dois Rios

Na Ilha Grande há muitos passeios de barcos para se fazer! Os roteiros das agências são quase sempre os mesmos, mas os preços podem variar um pouco. O primeiro que fizemos durou umas cinco horas e parou nestes lugares: Lagoa Azul (um dos lugares mais visitados da ilha, vimos vários peixinhos, a cor do mais é linda), Lagoa Verde (é bem bonita, tem esse nome porque reflete a cor da mata da encosta, é bom ir na maré baixa), Praia de Japariz (onde foi nossa parada para almoço) e Enseada das Estrelas (a Praia do Amor é um amoooor! rs).

Lagoa Azul
vimos até uma estrela do mar
Lagoa Verde
muitos peixinhos
chegando na Praia de Japariz
Praia de Japariz
Praia do Amor
fim de tarde na Enseada das Estrelas

Outro passeio de barco foi para a famosa Praia Lopes Mendes (considerada a mais bonita da ilha). Desembarcamos na Praia do Pouso, de onde sai uma trilhazinha para a Praia de Mangues (linda, linda!). De lá você pega mais uma trilha (de uns 20 minutos) que sai na Praia Lopes Mendes. A praia é bem bonita e grande. A areia faz barulho quando você pisa nela e é bem branquinha. Gostei bastante!

Praia do Pouso
desembarque na Praia do Pouso
Praia Lopes Mendes

O passeio i-m-p-e-r-d-í-v-e-l é a volta à ilha de lancha. Ele dura o dia todo e pára em praias lindas. Não achei o preço tão caro, vale muuuuuito a pena. O roteiro foi este: Caxadaço (perfeita, perfeita, perfeita! É super pequena, mas a vista da encosta do lado esquerdo é tuuudo), Parnaioca (muito bonita, tem um rio que deságua nela), Aventureiro (famosa pelo coqueiro torto! A cor do mar é linda!), Meros (bonitinha, bem pequena), Lagoa Verde (já tinha conhecido da outra vez, mas dessa vez estava vazia e a lancha parou bem pertinho), Maguariquissaba (vi tartarugas nessa praia, foi lindo!) e Lagoa Azul (também já tinha conhecido da outra vez).

Praia do Caxadaço
rio desaguando na Praia da Parnaioca
chegando em Aventureiros
o famoso coqueiro torto
Aventureiros, a praia com o mar mais azul
Praia dos Meros
Praia de Maguariquissaba 
vimos tartarugas!
Ilha Grande é um lugar lindo

A Ilha Grande é maravilhosa! O clima de vilarejo de pescadores sempre me encanta. Fiquei com aperto no coração nas duas vezes em que tive que voltar para casa. Nesses dez dias não deu para conhecer todos os lugares. Faltaram Provetá, Araçatiba, Gruta de Acaiá, Pico do Papagaio... Preciso voltar!!!


GOSTOU DE ILHA GRANDE?
Se estiver com mais tempo aproveite e conheça Paraty. Fica perto!

ACESSE TAMBÉM:
www.ilhagrande.org

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.