JOINVILLE: Como não se apaixonar por suas casinhas tão charmosas?

Viagem realizada em maio/2014


Joinville é uma das maiores cidades de Santa Catarina. Fica em uma região conhecida como Caminho dos Príncipes. Esse pedacinho do Brasil fazia parte do dote imperial da princesa Francisca (filha de D. Pedro I e irmã de D. Pedro II) na época do seu casamento com o príncipe de Joinville (de origem francesa). Foi colonizada por alemães, austríacos e suíços. Essa mistura cultural é fortemente observada na arquitetura de suas construções, na comida típica e nos costumes do seu povo. Também é a única cidade do mundo que tem uma filial da escola do Teatro Bolshoi (tirando a Rússia, claro! rs).

Toda vez que ia para Florianópolis, ficava olhando aquele moinho enoooorme (e lindo!) que tem no pórtico, beirando a rodovia. Adoro aquele moinho e acreditem: foi ele que despertou em mim a vontade de conhecer Joinville! rs Fui para lá em uma emenda de feriado. Aproveitei os três dias de folga e visitei três cidades: Joinville, Pomerode e Blumenau (essa eu já conhecia, mas queria muito voltar).

Saí de São Paulo à noite e cheguei em Joinville por volta das nove da manhã. Fui caminhando para o centro e me apaixonando pelas casinhas em estilo enxaimel. Uma mais fofa que a outra!!!

Há várias casas antigas espalhadas pela cidade
Mais casinhas típicas
Acreditem, é um banco Itaú!

Também conheci alguns pontos turísticos, como a antiga Estação Ferroviária (arquitetura bem bonita), o Mercado Municipal (não achei muito interessante os produtos que eram vendidos por lá...), a Prefeitura Municipal (prédio moderno), a Praça da Barca (bonitinha), o Museu da Imigração (expõe mobiliários e muitos objetos da época da colonização da cidade, nos fundos tem algumas casinhas típicas) e a Rua das Palmeiras (tem imensas palmeiras imperiais plantadas em 1873).

Antiga Estação Ferroviária
Mercado Municipal
Prefeitura Municipal
Museu da Imigração, construído em 1870
Casas típicas no fundo do museu
Rua das Palmeiras, com o Museu da Imigração lá no fundo

Visitei todos esses lugares a pé. Foi bem cansativo, mas acho que essa é uma das melhores formas de se conhecer a região. Adorei caminhar pelas ruas de Joinville e ir descobrindo a cidade aos pouquinhos. No fim da tarde, voltei para a rodoviária e embarquei no ônibus para Blumenau. Gostei bastante de Joinville, principalmente da arquitetura. Fiquei encantada com as casinhas charmosas!


GOSTOU DE BLUMENAU?
Visite Blumenau e Pomerode também! São próximas e igualmente belas.

NOSSA AVALIAÇÃO:




Todos os textos e fotos contidos nesse blog são minha autoria e não podem ser reproduzidos sem autorização.